A Cia DI NInguém Núcleo de Investigação em dança/Ouro Preto  - MG, com 21 anos de atuação na área da dança e com muita resistência, soma em sua trajetória 21 obras coreográficas, uma vitória em se tratando de Cia do interior. Nessa caminhada, a cidade, patrimônio mundial da humanidade, fez parte não apenas como cenografia e patrimônio material, mais como elemento vivo, constituído subjetivamente de memórias e pertencimentos. Olhar para a cidade com intimidade, curiosidade, corporeidade criou a estética dos trabalhos da Cia. Uma relação de (des)construção entre o público e o privado, material e imaterial, artista e transeunte, intérprete e espectador.

Imagem1.png